submarino

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

A Escolha

A Escolha

Até onde devemos ir em nome do amor?


A Escolha de Nicholas Sparks faz parte de uma longa lista de livros que fizeram o autor ficar conhecido por romances capazes de arrancar lágrimas de quem lê.
Ele também é o responsável pelos clássicos, que foram adaptados para o cinema: Diário de uma PaixãoNoites de TormentaA Última MúsicaQuerido Jonh, Um Porto Seguro, Um Homem de Sorte e Um Amor para Recordar.

A Escolha publicado em 2007 pela Editora Novo Conceito, o decimo primeiro livro de Nicholas Sparks narra a historia de Travis. Ele tem uma escolha difícil: esperar a sua esposa acordar ou mata-la

.................
Sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Recém mudada para Beaufort (Carolina do Norte), para ficar mais próxima de seu namorado, Gabby está sozinha, estressada com a falta de amigos, o chefe que a assedia, e as mãehipocondriacas com a qual ela lida todos os dias, e para piorar, sua cadela Border Collie com alto pedigree supostamente engravida do cão Boxer enxerido e pulador de cerca, do vizinho.
Travis Parker, o típico solteirão que vive pela adrenalina, possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos legais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte.
Mesmo com uma vida estabilizada, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficientemente normal. Na verdade, ele não consegue amar de verdade nenhuma mulher. Após anos sem nunca se apaixonar e ver seus todos os seus amigos se encontrando ele desiste de encontrar alguém, e crê fielmente que vai viver sozinho pelo resto da vida. 
Mas o destino brinca pela primeira vez com o jovem Travis.
No limite do stress, numa tarde próximo ao por do sol, ela se enche de coragem e vai enfrentar o vizinho bonitão, para saber o que fazer com os filhotes vira-latas que irão nascer. Ela derrama sobre ele todas as semanas de frustração, numa verborragia sem fim e então vai embora, até que semanas mais tarde, ela descobre que não só o vizinho é o veterinário da pequena cidade como o seu cão é castrado.
Mesmo assim, Travis tenta ser gentil. A ruiva atraente parece ter raiva dele. Travis não consegue evitar se apaixonar por Gabby. E seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever.
Mas quando ambos resolvem dar uma trégua e se conhecerem, acabam-se apaixonando… E ai ela tem que fazer A Escolha: se lançar num novo amor, ou aguardar o seu atual namorada?
Tudo seria assim tão LINDO, se isso não fosse um livro de Nicholas Sparks
A historia começa num ritmo bem lento, super detalhado, naquele ritmo pacato e interiorano que o leitor aprende tudo que se passa no sul dos EUA. O romance é bem clichê, com duas pessoas que se sentem atraídas. Até que DO NADA, ISSO MESMO DO NADA – PULA PRO FUTURO – PARTE 2 – 11 anos depois.

Sem saber qual foi a Escolha de Gabby... E ai bum!  Sem aviso nenhum, se passam anos. Mas bastou dois parágrafos para ser cativado de verdade pela historia. Você fica sem saber qual a foi a escolha de Gabby, qual o destino dos filhotes, não sabe se ele está se lamentando porque ela não escolheu, ou se ela morreu, ou se até mesmo eles se separam se a gente nem saber se realmente ficaram juntos. Fica bem confuso.
Aos poucos descobri que Gabby entrou estado de coma.
E então vem A Escolha (dele), a verdadeira Escolha sobre decidir o que fazer sobre a situação dela.

O livro é dividido em prólogo, parte um, parte dois e epílogo. Para se adequar a nossa resenha, vamos pular para a segunda parte do livro.
Enquanto a primeira lembra uma comédia romântica de sucesso, com diálogos irônicos e divertidos, é na segunda que entendemos o título “A Escolha”. Esta segunda parte é a mais emocionante. Depois de um acontecimento que afetou sua vida drasticamente, Travis se vê diante de uma escolha que tem o poder de mudar o futuro de sua família.  Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: “Até onde se deve ir em nome do amor?”.

O que eu achei: Adorei esse livro!
Fiquei o tempo todo, durante a primeira parte do livro, empolgada com a amizade dos dois que ia crescendo dia a dia e, assim como Gaby, me apaixonei por Travis. Ele sempre tinha uma resposta atrevida e inteligente para dar… Na segunda parte, meu coração ficou apertado, até eu realmente entender o que estava acontecendo e sofrer junto com os personagens.
Se eu contar que quase chorei nos últimos capítulos vocês acreditam? Os valores de amor e família são bem fortes e é impossível prever a escolha que será feita. Super recomendo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...