submarino

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Querido John - Livro

Acabei de terminar a leitura do livro Querido John de Nicholas Sparks, livro qual deu origem ao filme também de mesmo titulo e que já comentei aqui no blog.

Querido John - O que você faria com uma carta que mudasse tudo?

 

Por indicação de um colega de trabalho,comprei e imediatamente assistir o filme baseado no romance Querido John (Dear John) de Nicholas Sparks. E por indicação de muitas meninas, fui atrás do livro que deu origem ao filme.

Querido John conta a história de John Tyree, um adolescente rebelde e que sente um profundo rancor pelo distanciamento do pai e sua estranha ficção por moedas.
Percebendo que tinha que mudar o seu jeito de ser e buscar um rumo para sua vida, após um relacionamento frustrado, decide se alistar no Exercito.

Durante uma licença, John se ver na posição de ajudar uma garota a recuperar sua bolsa que caiu no mar.A bolsa pertence a solidária Savannah, uma universitária quem vem passar as ferias da faculdade na cidade de Wilmington, Carolina do Norte.

Durante o verão,  John e  Savannah se apaixonam  e vivem um intenso sentimento. Mas logo chega o tempo que John terá de voltar para a Alemanha para cumprir o seu período obrigatório nas forças armadas. Savannah se ver num desespero de perder o que ganhou: o primeiro amor verdadeiro. Na segunda licença de John após o vivido no ano anterior, reencontra a mulher da sua vida. Conhece os pai da amada. E é aqui que os acontecimentos não batem com o retrado no filme, ou melhor, o filme não coincide com o livro. Vou explicar.

Na película, após conhecer os pais da jovem, eles tem a segunda discussão (a primeira discussão foi quando Savannah suspeitava do comportamento do pai dele), onde o John não conta para a menina que vai prolongar sua estada no exercito devido ao Antedado de 11 de Setembro. Depois de tudo resolvido, acontece a primeira relação sexual do casal, detalhe, Savannah era virgem até então.
No livro, John passa uma maravilhosa semana na casa da família Curtys. A noite, John em um sono profundo, é despertado por Savannah no seu quarto somente de pijama. Dizendo: "Meus pais me matam se souberem que estou fazendo isso", entra para debaixo do edron e passam metade da noite rindo.

Na semana seguinte, John e Savannah passam  ultima semana juntos no apartamento dela, na cidade de universitária. E ai que o casal tem a segunda discussão. Se reconciliam e fazem amor pela premier vez. A próxima semana, John viaja para casa do pais antes de retornar á Alemanha.


Não assistiu o filme ou não leu o comentário do nosso post em relação ao filme. Leia o texto Querido John.


As diferenças entre filme e  livro não acaba ainda. Veja outra discordância: é a relação entre Tim e Alan. No filme, eles são pai e filho; enquanto no livro, são irmãos.

Foi aqui que o tempo se tornou o inimigo do casal: o pai do jovem sofre uma parada cardíaca, os EUA sofre atentado terrorista e John é enviado para o Iraque. A relação começa a sofrer um desgaste. Savannah  não suporta o peso da distancia e decide viver sua vida sem o amor de John. John já fez a sua escolha: servir ao país.

O tempo passa. John recebe a ultima carta da amada na qual termina o relacionamento.
Um ano depois, O pai de John vem a falecer, sozinho no enterro do pai que reaprendeu a amar, o jovem rebelde que ser tornou agora um homem, decide rever Savannah... E, é claro, buscar explicações.

Os últimos capítulos são os mais emocionantes de Querido John.
O que levou Savannah a recomeçar sua vida sem amor de John? Por que John decidiu ir atrás de repostas?
Será que o casal vai voltar a ficar juntos?

Isso eu não sei dizer.Não tive a coragem de ler até o final, por que a vida de John, é a minha vida.

Ao ler Querido John, descobri que nos somos os mesmos. Sentimos o mesmo remoço em relação ao pai. Sentimos a mesma revolta da adolescência. Nos alistamos no Exercito em busca de um rumo para nossa vida. John encontrou o rumo que buscava. Eu não!
Descobri também que somente Amanda Seyfried e Channign Tatum soube da vida a John e Savannah.

O que mais me entristeceu, me emocionou, foi o amor que John encontrou e não soube valorizar, pena que percebeu isso tarde demais. Eu ainda não vive o sentimento que John viveu.

 
Aguarde, por que em breve vamos iniciar uma serie de publicações de Resenhas dos livros de Nicholas Sparks. A próxima resenha será sobre o livro Um Homem de Sorte. Mas por enquanto, vocês leitores podem aproveitar a resenha do livro O Casamento
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...